Em audiência pública realizada nessa terça, 26, no auditório Charles Luciano, a Prefeitura de Araripina, através da Controladoria-Geral, apresentou os dados tributários e fiscais referentes ao terceiro quadrimestre de 2018. Os números demonstram equilíbrio financeiro e atestam o cumprimento de diversos indicadores da Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF.

Em um cenário estadual de crise, onde mais de 80% dos municípios pernambucanos estão acima do limite máximo com despesas de pessoal, a gestão do prefeito Raimundo Pimentel apresentou dados que confirmam a responsabilidade e o zelo nas finanças municipais.

Os investimentos em educação e saúde ultrapassam o mínimo exigido de 25% e 15%, respectivamente. Em 2018, a Prefeitura de Araripina investiu 30,91% na área da educação e 21,25% na saúde em uma clara demonstração do compromisso com as duas pastas que mais atendem às demandas da sociedade. Além disto, o gasto com pessoal foi de 51,38% dentro do limite prudencial estimado pela LRF.

O prefeito Raimundo Pimentel afirmou que os números apontam para um equilíbrio fiscal alcançado nos dois primeiros anos da administração e que, com planejamento, a prefeitura poderá iniciar mais ações visto que as contas públicas estão organizadas.

“O cenário fiscal das prefeituras é terrível. Nós herdamos da gestão passada mais de R$ 8 milhões em dívidas de salários atrasados entre outros débitos. Fizemos um esforço imenso para organizar as finanças sem deixar de investir em saúde, educação e infraestrutura. Agora vamos iniciar programas importantes como o “Nossa Saúde Melhor” e o funcionamento da usina de asfalto para melhorar a infraestrutura urbana e rural. Estas conquistas só são possíveis pelo respeito que temos com o dinheiro público”, afirmou.