O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Araripina/PE – CMDCA vem a público informar que:

Foi garantido a todos os eleitores o direito ao voto conforme a legislação especifica e o Edital do Processo de escolha dos Conselheiros Tutelares.

No dia da Eleição (06/10/2019), todas as denuncias relacionadas a possíveis irregularidades por parte de alguns candidatos ao Processo Eleitoral de Escolha dos Conselheiros Tutelares de Araripina/PE, encaminhadas a Comissão Eleitoral, estão sendo verificadas pelo CMDCA, no âmbito de sua competência e encaminhadas ao Ministério Público – Fiscal do Processo Eleitoral.

Informamos que o CMDCA tem trabalhado dentro do principio da Legalidade, eficiência, transparência, publicidade e impessoalidade. 

O Pleito eleitoral contou com a presença de representantes da comissão Especial Eleitoral, representantes do CMDCA, da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, da Polícia Militar, do Ministério Público e com a atuação efetiva de todos os fiscais dos candidatos, como como através de assinaturas das Atas de Sessão de Votação e de Apuração dos votos da Eleição.

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Araripina/PE – CMDCA reafirma o compromisso com a transparência e a lisura do Processo Eleitoral daqueles que executam as políticas de proteção da criança e do adolescente.