Uma alimentação escolar de qualidade, que atenda a requisitos nutricionais, faz parte das obrigações dos municípios em relação à educação. Em Araripina, cerca de 14.000 estudantes de 97 escolas têm uma merenda cujo cardápio é elaborado por uma equipe de profissionais de nutrição que levam em consideração os macro e micronutrientes, ou seja, carboidratos, proteínas, lipídios e vitaminas e minerais.

Outra novidade é a adesão, desde o início da atual gestão, ao Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE. A Prefeitura de Araripina investe na compra direta de produtos da agricultura familiar do município, medida que estimula o desenvolvimento econômico das comunidades.

Com a ótima qualidade da alimentação escolar oferecida aos estudantes de Araripina, a Prefeitura e a Secretaria Municipal de Educação receberam um prêmio do Ministério da Educação (MEC) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE, durante a 2ª Jornada de Educação Alimentar e Nutricional, em março deste ano, em Recife. O prêmio foi recebido pela secretária da pasta, Possídia Carvalho, e pela nutricionista responsável pelo PNAE no município, Jocasta Carvalho. Leia aqui:

https://www.araripina.pe.gov.br/alimentacao-escolar-de-araripina-recebe-premiacao-do-ministerio-da-educacao/

Para o prefeito Raimundo Pimentel, a preocupação em oferecer uma alimentação escolar de qualidade é constante. “Em outras gestões me partia o coração ao saber que as nossas crianças saíam mais cedo da escola porque não tinha merenda. Assumimos a prefeitura e estamos cumprindo com os compromissos assumidos oferecendo uma merenda jamais vista nas escolas municipais e comprando frutas, verduras e legumes aos agricultores familiares de Araripina. Recebemos no início deste ano um prêmio do MEC e isso muito nos orgulha”, disse o prefeito Raimundo Pimentel.